Mais de 64% dos paraibanos pretendem presentear as mães, diz pesquisa

4
0
COMPARTILHE

Pesquisa divulgada, nessa quarta-feira (3), pelo Instituto Fecomércio mostrou que 64,03% dos paraibanos pretendem presentear as mães este ano. De acordo com o levantamento, o resultado é 4,86 pontos percentuais maior que em 2016, quando a intenção de compras atingiu 59,17%.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Para o presidente da Fecomércio Paraíba, Marconi Medeiros, alguns fatores contribuíram com este significativo aumento: Ele acredita que a queda da inflação, aumento da confiança do consumidor e a liberação dos saques das contas inativas do FGTS, possibilitaram esse cenário.

Apesar dos números favoráveis, Marconi Medeiros faz um alerta para que o empresário tente atrair os consumidores com promoções e melhores condições de pagamento. “Para que esta intenção de compras se concretize, é importante que os empresários adotem medidas para atrair os consumidores, como promoções, melhores prazos de pagamento e diversificação de produtos”, comentou.

Em relação à concretização das compras, a análise observou que, em 2016, 59,17% dos entrevistados afirmaram a intenção de presentear. Quando perguntados, neste ano, se a compra foi efetivamente realizada, 66,6% responderam positivamente, uma diferença estatística de 7,43 p.p. entre a intenção e as compras de fato, o que mostra uma distância entre a racionalidade do planejamento de consumo e a emoção na hora da compra.

Mais uma vez o vestuário liderou o ranking dos presentes mais citados pelos filhos, com 25,31% das intenções. Em seguida aparecem perfumes (17,59%), eletrodomésticos e eletroeletrônicos (15,74%) e calçados (4,94%). Entre os eletrodomésticos e eletroeletrônicos, os smartphones e celulares serão os mais procurados, com 25,49% de preferência, seguido por micro-ondas (11,76%), fogão (9,8%) e liquidificador (7,84%).

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas