Manoel J?nior votar? contra Cunha, caso ele n?o prove inoc?ncia

13
COMPARTILHE

O deputado federal Manoel Júnior (PMDB-PB), um dos principais aliados do presidente da Câmara, deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), garantiu nesta terça-feira (24) que votará pela cassação do colega, caso ele não comprove sua inocência.

Leia mais notícia de Política do Portal Correio

Cunha foi denunciado ao Supremo Tribunal Federal por suspeita de ter recebido US$ 5 milhões, em contas ilegais na Suíça, em propina do esquema investigado pela Operação Lava Jato. No 13 de outubro o PSOL e a Rede protocolaram na Câmara o pedido de cassação do mandato do deputado. A ação será analisada primeiro no Conselho de Ética da Casa até o dia 1º de dezembro.

O deputado Manoel Júnior, em entrevista ao programa Correio Debate, da Rádio Correio Sat, afirmou que se oposição não provar as denúncias contra Cunha, ele será inocentado, mas votará contra o peemedebista se ele não consiga demonstrar sua inocência.

“Se efetivamente, o deputado Eduardo Cunha, ora presidente, provar que aquelas denúncias feitas pela oposição, pelo Psol, pela Rede, que subscreveram o documento não se configura como a verdade ele vai ser inocentado, mas se ele não conseguir provar, nem eu nem nenhum outro membro vai votar em favor dele”, declarou.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas