Menores desacompanhados s?o detidos no S?o Jo?o de CG e pais v?o responder por abandono

14
0
COMPARTILHE

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Infância e Juventude e Delegacia da Infância e Juventude, em Campina Grande, apreendeu três adolescentes que estavam desacompanhados dos pais ou responsáveis na noite do domingo (7), no Parque do Povo. Eles foram encaminhados a um abrigo provisório, e os pais deverão responder por abandono de incapaz, abandono intelectual e maus tratos.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A Operação Infância Segura foi desencadeada para inibir a presença de crianças e adolescentes sozinhos na área da festa junina em Campina Grande. Equipes de policiais civis descaracterizados circulam constantemente pelo Parque do Povo à procura dos adolescentes, cumprindo o que determina o Estatuto da Criança e do Adolescente. Dois dos adolescentes apreendidos estavam com aspecto de abandono. Eles têm 12 e 14 anos de idade.

As mães dos três adolescentes foram localizadas pelos investigadores e encaminhadas às duas delegacias, para darem explicações sobre a situação dos filhos. O Conselho Tutelar também participou da identificação e localização das responsáveis. De acordo com a delegada Alba Tânia, ficou patente o descuido das genitoras no que se refere à guarda dos filhos. “É mãe que entrega o filho para a avó idosa cuidar; é mãe que sequer matricula o filho numa escola, deixando-o a mercê das ruas. Enfim, o quadro de abandono é flagrante e tem que ser combatido, porque a violência começa exatamente aí”, alertou a delegada.

Bebida alcoólica

A venda de bebida alcoólica para menores de idade também é combatida pela Polícia Civil no Parque do Povo. Uma adolescente de 14 anos foi flagrada com uma garrafa de aguardente e levada para a delegacia. No momento da apreensão, ela não estava acompanhada de seus pais ou responsáveis, que foram localizados pelos investigadores horas depois. O comerciante que for flagrado vendendo bebida alcoólica a menores também vai sofrer as sanções penais.

Vigilância permanente

As duas delegacias estão com um cronograma de ações investigativas e repressivas para este São João, mais pontualmente no Parque do Povo. A Polícia Civil alerta aos proprietários de barracas e aos pais ou responsáveis que evitem expor os adolescentes aos riscos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas