Metro quadrado mais caro de JP custa R$ 8 mil, fica no Cabo Branco e supera Tambaú

0
COMPARTILHE

O setor imobiliário vem mudando seu perfil aos poucos na Região Metropolitana de João Pessoa. Após atravessarem um ano inteiro de crise, as construtoras da Paraíba se ajustam à nova realidade. Uma mudança já detectada pela indústria da construção: o metro quadrado mais caro da Capital agora está no bairro do Cabo Branco, que chega a mais de R$ 8 mil. Tambaú agora tem o segundo metro quadrado mais caro, que chega a R$ 7,8 mil.


Leia mais Notícias no Portal Correio

O ano de 2016, afirmam João Barbosa de Lucena, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa (Sinduscon-JP), e Clovis Cavalcanti, que também é dirigente da entidade e diretor-presidente da Planc, é para ser esquecido. Só na Paraíba, a construção civil registrou 5,2 mil desempregados.

O mercado tende absorver de forma lenta toda essa mão-de-obra. Para isso, precisa retomar as vendas nos mesmos patamares de 2015, destaca João Barbosa. Ele diz que em setembro do ano passado, a média era venda de 2,6 imóveis a cada 100 disponíveis no mercado. Este ano, já chega a 5 para cada 100.

João Barbosa e Clovis Cavalcanti foram entrevistados no programa ’27 Segundos’, na RCTV (canal por assinatura do Sistema Correio de Comunicação), na noite desta sexta-feira (3). Assista na íntegra a entrevista com os empresários na Rede Correio de Televisão:

 

Clovis Cavalcanti, que dirige uma das maiores construtoras do Nordeste, confirma a tendência de retomada do crescimento. Para ele, o valor do metro quadrado em João Pessoa continua sendo um atrativo para os investidores. Em média, segundo ele, o metro quadro na capital paraibana fica por R$ 5 mil. Apenas Aracajú, capital do Sergipe, tem preço tão competitivo.

O diretor-presidente da Planc acredita que, até o final do ano, com o mercado aquecido, a média de negociação alcance de 8 a 10 imóveis vendidos para cada 100 disponíveis.

João Barbosa e Clovis Cavalcanti destacam que, além dos sinais de estabilidade na economia do país, as construtoras apostam no monitoramento do mercado. Para eles, planejamento é essencial para os empresários do setor. E o ano já começa com um evento promovido pelo Sinduscon-JP. Nesta segunda-feira (6), no auditório da entidade será promovida um workshop sobre ‘Cenário do Mercado Imobiliário e Perspectivas para 2017’, as 18h30.

O palestrante será Marcus Araújo, presidente da Datastore, especialista em inteligência de mercado para o Real Estate e bacharel em estatística pela UFRN. Ele é especialista em mercado imobiliário e já realizou mais de três mil pesquisas para mais de 500 empresas no Brasil.

Leia mais notícias em e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas