Ministro da Justi?a diz n?o haver problema em ir ? CPI da Petrobras

0
COMPARTILHE

Convocado pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras para explicar o grampo ilegal encontrado na cela do doleiro Alberto Youssef, na Polícia Federal (PF), em Curitiba, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse, por meio de nota, não haver problema em ir à CPI. “Se eu puder colaborar de alguma forma para a elucidação dos fatos, eu o farei. Comparecer ao Parlamento é sempre uma honra para mim.” A PF é subordinada ao Ministério da Justiça.

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

Durante votação em bloco, os membros da CPI aprovaram 73 requerimentos de convocação de envolvidos na Operação Lava Jato. Entre eles, os empresários Júlio Camargo e Fernando Antonio Falcão Soares, o Fernando Baiano, e o policial Jaime de Oliveira, acusado de transportar dinheiro de propina a serviço de Youssef. Também foi convocada a advogada Beatriz Catta Preta, que defende a maioria dos delatores investigados. Os deputados aprovaram ainda requerimentos de quebra de sigilo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas