Monótona, nunca será

3
0
COMPARTILHE

Pode-se dizer tudo menos que a política desse País é ‘monótona’. Após uma semana de afastamento de presidente, posse de vice, anúncio de meta fiscal, déficit de R$ 170 bilhões, eis que surgem grampos telefônicos envolvendo o ‘superministro’ de Michel Temer, senador licenciado e atual presidente nacional do PMDB, Romero Jucá, que se defendeu, mas não convenceu. Temer completará hoje 12 dias de mandato e, não é nada saudável, essa situação. Já não bastassem os protestos, as ‘línguas-soltas’ de ministros, um dia atrás do outro, mais essa. Melhor, não esperar muito. O dia de hoje, especialmente, requer atenção. O ministro da Fazenda Henrique Meirelles deve anunciar as medidas tão aguardadas para reduzir os gastos públicos e fazer o País andar. Jucá disse que os áudios são ‘banais’.

O senador Aécio Neves, um dos supostos citados, soltou nota dizendo que “não existe nos diálogos nenhuma acusação ao PSDB e aos senadores citados”. O presidente interino Michel Temer deve esperar o comportamento da classe política – leia-se oposição ao PT e a Dilma Rousseff -, para tomar uma decisão. Como diria o próprio Temer, “penso que não deva” demorar muito. Afinal, se quer convencer que seja convencendo mesmo, na vera, como costumamos falar no interior. Os petistas, claro, não perderam tempo e foram às redes sociais. É aquela velha história: quem diz o que quer, ouve o que não quer e acaba desacreditado. Após ter escrito o texto acima, Jucá anunciou que vai se licenciar. Por livre e espontânea pressão, será?

Fortalecimento do PT do B

O vereador Chico do Sindicado (PT do B) avalia que o seu partido elegerá uma bancada significativa para a Câmara Municipal de João Pessoa, nas eleições de outubro. “Temos todo o apoio do presidente estadual, Genivalo Matias, e vamos partir para o fortalecimento e ampliação do nosso partido”, disse Chico do Sindicato.

De volta 1

O prefeito de Catolé do Rocha, Leomar Maia, do PTB, rompeu com o senador Cássio Cunha Lima, se recompôs com o deputado Gervásio Maia e anunciou que apoiará Ricardo Coutinho, caso este dispute o Senado.

De volta 2

O vice-prefeito Laurinho Maia, que é do DEM, afirmou que acompanharia a decisão de Leomar Maia e apoiar Gervasinho e o governador.

Aparição 1

Ex-assessor e amigo de dentro de casa do senador José Maranhão foi visto ontem em evento do prefeito Luciano Cartaxo. Preferiu não dar declarações, nem simbolizar estar representando o PMDB.

Aparição 2

Atual vice-prefeito de Nova Olinda, Idácio deve disputar a Prefeitura contra o filho de criação da atual prefeita Maria do Carmo. Tudo em casa…

Novidades

Por intermédio do deputado Aguinaldo Ribeiro, líder do PP na Câmara Federal, o presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia Intervencionista, o paraibano Marcelo Queiroga, foi recebido pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, em Brasília. Vêm novidades aí para o Estado, na área.

Benção

Já o prefeito de Itatuba, Aron Renê, pediu a benção ao padrinho, ex-prefeito Renato Lacerda, e ganhou de presente o apoio à reeleição. O irmão de Aron, José Ronaldo está sozinho na oposição.

Se deu bem

Enquanto a Paraíba sofre os efeitos da estiagem, um emprésario do Mato Grosso tira proveito tira proveito da seca produzinho milho entre Mulungu e Gurinhém.

Palestra

A diretora da Esma, desembargadora Fátima Bezerra, lança hoje, às 17h, o projeto Escola Itinerante que objetiva interiorizar ações educativas, com foco no novo CPC.

Do contra

O vice-prefeito de Patos, Lenildo Morais, confirmou que vai disputar a Prefeitura contra o grupo de Wanderleys: Francisca Motta, Nabor e Dinaldinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas