moradores-de-cabedelo-temem-perder-casas-por-conta-de-triplicacao-de-br-dnit-explica
Imagem Ilustrativa - Arquivo/Jornal Correio da Paraíba

Moradores de Cabedelo temem perder casas por conta de triplicação de BR; Dnit explica

Reclamações da população chegaram ao prefeito de Cabedelo, que pediu audiência com o Dnit para tratar do assunto

38
COMPARTILHE

O projeto executivo da triplicação da BR-230 desagradou famílias que moram às margens de trecho da rodovia em Cabedelo, na Grande João Pessoa, e as reclamações chegaram ao prefeito Leto Viana, que solicitou uma audiência com a equipe técnica do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) para cobrar esclarecimentos.

“Segundo relatos dos moradores, a abrangência da desapropriação foi elevada de 30 para 150 metros para cada lado da rodovia, afetando, diretamente, os imóveis instalados nas ruas Duque de Caxias e Pastor José Alves de Oliveira. Queremos ouvir o Dnit acerca dos detalhes desse processo, para que possamos ter ciência de sua extensão e o que ela deverá acarretar à população local”, divulgou o prefeito.

Em nota, o Dnit explica que uma portaria de setembro de 2017 publicada no Diário Oficial da União autoriza o uso de 300 metros, sendo 150 para cada lado. No entanto, esse espaço só será usado completamente se no futuro for verificada necessidade. Por enquanto, o projeto prevê desapropriação e indenização de apenas 11,05 metros de um lado e 13,20 metros de outro.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas