Morre sargento reformado que foi baleado na frente de casa na Grande Jo?o Pessoa

COMPARTILHE

Um sargento reformado da Polícia Militar da Paraíba, de 52 anos, que sofreu uma tentativa de assassinato na frente da residência onde morava com a família no bairro Mario Andreazza, na cidade de Bayeux, na Grande João Pessoa, morreu após receber atendimento médico. Gerônimo Luiz Xavier foi atingido por cinco tiros e não resistiu à gravidade dos ferimentos. O atentado aconteceu na manhã desta quarta-feira (12). A informação do falecimento do militar foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital de Trauma da Capital.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Segundo o Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), o policial – que trabalha como taxista – chegava em casa por volta das 4h20 quando foi alvejado. A mulher da vítima ouviu os disparos e comunicou o caso ao 190.

Quando a esposa do policial abriu o portão encontrou o homem agonizando dentro do veículo. Uma equipe do Samu ainda socorreu a vítima para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas ele morreu na sala de cirurgia.

De acordo com o delegado Pedro Ivo, a vítima já tem passagem pela polícia. “Ele (bombeiro) foi preso por porte ilegal de arma de fogo. O filho do policial tem envolvimento com o tráfico de drogas e suspeitos de participação em homicídios no bairro. Estamos investigando se o crime foi cometido por um albergado. A pistola da vítima foi levada”, falou. Ninguém foi preso.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas