Motoristas protestam contra obrigatoriedade do uso de cadeiras para crian?as em JP

15
0
COMPARTILHE

Mais de 120 transportadores de vans escolares realizaram protesto na manhã desta sexta-feira (17) no ginásio Ronaldão, em João Pessoa. Os motoristas protestam contra a obrigatoriedade de cadeirinhas no transporte de crianças, que tenham até sete anos e meio. A manifestação aconteceu em todos o país, após decisão do sindicato nacional dos transportadores escolares.

Leia mais Notícias do Portal Correio

A resolução 533 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), foi publicada no dia 17 de junho, e obriga que os motoristas de transportes escolares possuam a cadeirinha para transporte de crianças.

O protesto foi pacífico e ocupou apenas estacionamento do ginásio Ronaldão. De acordo com Murilo Melo, que estava na organização da manifestação, é inviável a utilização das cadeirinhas nos transportes escolares.

“A manifestação é para mostrar que não é viável nem pra gente, nem para os pais, pois a cadeirinha é projetada para cito de três ponto e nosso carro só sai com cinto de dois pontos. Uma outra resolução do Contran veda que nós modifiquemos nosso veículo, então como poderíamos fazer a alteração para comporta as cadeiras?”, questionou o sindicalista.

Desde 2010, a legislação obriga que todos os veículos comuns determina que crianças de até um ano sejam transportadas no ‘bebê-conforto’. Entre 1 ano e 4 anos, isso deve ser feito em cadeirinhas com encosto e cinto próprios. Já dos 4 anos aos 8 anos incompletos, a cadeirinha não precisa ter encosto (assento de elevação), mas deve permanecer atada ao cinto. As pessoas que descumpre a norma está sujeito a uma multa de R$ 191,54.

O valor das multas para os motoristas de transporte escolares só deve ser divulgado juntamente com a resolução do Contran. O texto foi fechado na quarta-feira (15), mas ainda não foi divulgado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas