MP pede condenação de dez acusados de venda ilegal de ingressos da Copa

7
0
COMPARTILHE

O Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro, em suas alegações finais à Justiça, pedirá a condenação de dez pessoas acusadas de participar de um esquema de venda ilegal de ingressos da Copa do Mundo de 2014. Ao contrário de quando ofereceu a denúncia à Justiça no ano passado, agora o Ministério Público pedirá a absolvição de José Massih por falta de provas.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

O pedido de condenação está mantido para Mohamadou Lamine Fofana, Alexandre da Silva Borges, Antonio Henrique de Paula Jorge, Marcelo Pavão da Costa Carvalho, Sergio Antonio de Lima, Julio Soares da Costa Filho, Fernanda Carrione Paulucci, Ernani Alves da Rocha Junior, Alexandre Marino Vieira e Ozeas do Nascimento.

Eles são acusados de cambismo (venda de ingresso por preço acima do normal), desvio de ingresso para câmbio, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e organização criminosa.

As acusações contra o executivo da empresa Match Services, ligada à Federação Internacional de Futebol (Fifa), Raymond Whelan, foram trancadas pela 6a Câmara Criminal da Justiça fluminense, de acordo com o Ministério Público.

As alegações finais são feitas depois de toda a coleta de provas e precedem a sentença de um juiz.

Leia
mais notícias
em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no
Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar
informações à Redação
do Portal Correio pelo
WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas