Conteúdo Patrocinado

Política

MPF quer proibir Correios de atuar como Banco Postal após crimes nas agências da PB

2
0
COMPARTILHE

O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF-PB) pediu que a Justiça Federal proíba os Correios de prestar serviço como Banco Postal no estado e que o Banco do Brasil suspenda o contrato do serviço com os Correios. O pedido é motivado pelos casos de explosões e assaltos nas agências dos Correios e pela falta de segurança nas cidades do interior do estado.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Na ação, o MPF-PB pede multa de R$ 50 mil caso os Correios descumpram o pedido caso ele seja deferido pela Justiça. Sobre o Banco do Brasil, a ação alega que o banco seja condenado por não garantir a segurança das agências dos Correios.

Para o MPF-PB, “é evidente que o Banco do Brasil se preocupa com a segurança das próprias agências, dotando-as de estrutura compatível com os serviços ali prestados, mas não dispensa o mesmo tratamento às instalações das agências dos Correios que passaram a desempenhar, como seu correspondente, a mesma atividade”.

Além da suspensão dos serviços de Banco Postal, o MPF-PB também requereu na ação que os Correios e o Banco do Brasil sejam condenados por dano moral coletivo.

Em contato com o Portal Correio, a assessoria de comunicação dos Correios afirmou que a empresa ainda não foi notificada sobre o processo pela Justiça e que só irá se pronunciar judicialmente quando isso ocorrer.

O Portal Correio entrou em contato com a assessoria do Banco do Brasil na Paraíba para saber um posicionamento do banco sobre o processo, mas não recebeu resposta até a publicação desta matéria.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas