MPF quer que Sudema apure sobre esgoto em rio que abastece a Grande JP

20
0
COMPARTILHE

O Ministério Público Federal (MPF-PB) e o Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendaram que a Superintendência de Administração do Meio Ambiente do Estado da Paraíba (Sudema) fiscalize as atividades exercidas pelas empresas localizadas no Distrito Industrial de João Pessoa por denúncias de que elas estariam poluindo ás águas da bacia do Gramame, um dos responsáveis pelo abastecimento da Capital. De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), a barragem de Gramame está sangrando.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Na recomendação, é solicitado também que a Sudema prepare um relatório sobre a qualidade das águas do rio e também sobre as possíveis irregularidades encontradas nas empresas, encaminhando os documentos ao MPF-PB e ao MPPB.

Segundo o MPF-PB, um procedimento administrativo foi instaurado pelo órgão para apurar a qualidade dos recursos hídricos de Gramame-Mambaba após denuncias de que empresas estariam despejando resíduos líquidos e sólidos nos ecossistemas que formam a bacia.

Em contato com o Portal Correio, a assessoria de comunicação da Sudema informou que o órgão vai se posicionar sobre a recomendação em um prazo máximo de 48h após o recebimento do documento do MPF-PB e do MPPB.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas