Mulher ? presa suspeita de encomendar morte de casal na sa?da de motel

15
COMPARTILHE

Uma mulher de 29 anos foi presa na manhã deste sábado (21) aponta pela Polícia Civil como sendo a mandante do duplo assassinato e uma tentativa de homicídio ocorridos nessa sexta-feira (20), na cidade de Patos, no Sertão do estado a 307 km de João Pessoa. A jovem é ex-presidiária e  a execução tem relação com dívida com o tráfico de drogas.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Segundo Sylvio Rabello, delegado seccional de Patos, a mulher teria ordenado a execução de uma jovem porque ela teria contraído uma dívida de R$ 3 mil com o tráfico. Como a quantia não foi pagava pela usuária, a morte dela teria sido encomendada.

“O casal que foi assassinado não seria alvo dos traficantes, os dois morreram por queima de arquivo. Mas, o alvo seria a mulher que sobreviveu que estava sendo procurada. A jovem fez uma dívida e como não pagou estava sendo ameaçada. No celular da vítima encontramos várias mensagens ameaçadoras enviadas pela mulher que foi presa durante operação das polícias Civil e Militar”, falou o delegado.

A sobrevivente dos tiros foi levada para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. A mulher suspeita do crime foi levada para o Presídio Feminino de Patos. Ela estava em liberdade há três meses onde cumpriu pena por tráfico de drogas. A presa vai responder por associação ao tráfico, duplo homicídio e uma tentativa de assassinato, além do tráfico de drogas.

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas