na-estreia-marcelinho-paraiba-marca-e-garante-vitoria-galo
Marcelinho Paraíba (à dir.) comemora gol marcado para o Treze (Foto: Divulgação/Ramon Smith)

Na estreia, Marcelinho Paraíba marca e garante vitória do Galo

Times se enfrentaram na tarde deste sábado, no Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande. Partida valeu pela sétima rodada do torneio

377
2
COMPARTILHE

Treze e Nacional de Patos se enfrentaram, neste domingo (10), pela sétima rodada do Campeonato Paraibano, no Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande. Segundo encontro entre os times na temporada 2018, a partida terminou em 1 a 0 para o Treze, com gol marcado por Marcelinho Paraíba, em sua volta ao alvinegro.

Treze e Nacional voltam a jogar pelo Estadual no próximo domingo (18). O Galo enfrentará o Botafogo-PB, no Amigão, em Campina Grande. O time de Patos também joga em casa, no Estádio José Cavalcanti, contra a Desportiva Guarabira. O Treze é líder do Grupo B do Paraibano, com 14 pontos marcados. Já o Nacional tem 13 pontos e ocupa a segunda colocação do Grupo A, atrás do Campinense, que tem 16.

O jogo

O confronto entre Treze e Nacional de Patos começou com 17 minutos atraso. Os visitantes demoraram a chegar no Estádio Presidente Vargas por conta de um problema no ônibus que transportava o time. Por conta disso, os sertanejos acabaram entrando em campo sem realizar o aquecimento.

Nos primeiros momentos do jogo, o Treze mostrou uma postura mais agressiva do que a da equipe adversária. E o resultado dessa estratégia veio aos 19 minutos. Marcelinho Paraíba abriu o placar após receber bola de Vitinho e chutar forte no canto direito do gol, deixando o defensor Pantera sem chances.

O Nacional de Patos continuou sem ritmo e desatento na partida. Aos 40 minutos, uma falha do goleiro Panteira ao receber bola recuada de Alex por pouco não resultou em gol contra para o Treze.

No segundo tempo, o jogo ficou mais truncado, sem grandes oportunidades criadas por ambos os times. Só aos 28 minutos a primeira boa chance surgiu. Marcelinho Paraíba chutou forte de fora da área e Pantera – pego de surpresa – precisou se esforçar para mandar a bola a escanteio.

Aos 34, Reinaldo Alagoano sacudiu as redes do Nacional de Patos, após receber passe de Marcelinho Paraíba, mas a arbitragem marcou impedimento. A partida terminou sem que houvesse outra chance de ampliação ou igualação de placar.

COMENTÁRIOS

  1. QUE DIFERENÇAAAAAAAAAAA!!. QUANDO TIMNES DE CAMPINA GANHA DE QUALQUER COISA, VOCÊS ESTAMPAM EM PRIMEIRA PÁGINA!!. TOMO MUNDO VER ISSO!. TRAIDORES DA NOSSA CIDADE CONHECEMOS AO LONGE!. MEDÍOCRFESSSSSSSSS!!. ZEROOOOOOOOO PARA ESSE MATUTÃO PORTAL CAMPINEIRO DA SERRA!. SÃO INSIGNIFICATIVOS E INCOMPETENTES, A COMEÇAR DE SUA DIREÇÃO POLITIQUEIRA E PSEUDOS JORNALISTAS. É ZEROOOOOOOOOOOOO!! KKKKKKKKKKKKKKKK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas