?ndios espancam suspeito de balear comerciante durante assalto em aldeia da Para?ba

4
0
COMPARTILHE

Um jovem de 22 anos foi linchado por um grupo de índios após assaltar e balear um comerciante, 42 anos, dentro da ‘Aldeia Galego’, na cidade de Baia de Traição, a 77 km de João Pessoa. Segundo a Polícia Militar de Mamanguape, o suspeito precisou ser socorrido por uma viatura para não se morto pelos indígenas. Vítima e acusado passam bem. A arma encontrada com o suspeito pertence a Polícia Militar do Rio Grande do Norte.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Segundo o capitão Alberto Filho, comandante da PM do Litoral Norte, a Polícia Militar foi até a cidade averiguar duas ocorrências de assaltos a estabelecimentos comerciais, quando se os policiais presenciaram o espancamento.

“A Patrulha Indígena foi até a aldeia e quando chegou um grupo grande de índios estava agredindo o homem com paus e capacetes. Houve um diálogo e conseguimos retirar o suspeito do local e levá-lo para o Hospital de Trauma de João Pessoa. O comerciante foi socorrido pelo Samu para o hospital local”, disse o capitão.

Ainda conforme o oficial, a moto do suspeito que teria sido utilizada nos assaltos foi incendiada pelos índios. De acordo com o boletim médico do Hospital de Trauma, o jovem passou por procedimentos médicos de emergência e segue em observação da cirurgia geral. Já o comerciante já recebeu alta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas