Fotos mostram JP nos anos 30 a 60 pelas lentes de Walfredo Rodriguez; veja galeria

No aniversário de 432 anos de João Pessoa, Portal Correio traz 'viajem pelo tempo' com imagens históricas

Brasil | Em 05/08/17 às 12h00, atualizado em 05/08/17 às 12h36 | Por Luís Eduardo Andrade
Acervo Família Stuckert
Local do Hotel Tambaú, na década de 50

“Não se fotografa com uma câmera, mas com os olhos e o coração”. A frase do antológico fotógrafo Cartier-Bresson ilustra que a fotografia é produzida a partir das experiências e sentimentos do autor. Essa vivência passa pelo local onde as imagens são registradas. No caso do fotógrafo Walfredo Rodriguez, João Pessoa foi o cenário eternizado por suas fotografias. No aniversário de 432 anos da cidade mais oriental das Américas, o Portal Correio traz a história por meio dos registros desse fotógrafo, cineasta e escritor. Comente no fim da matéria. Veja abaixo a galeria de imagens.

Leia mais notícias no Portal Correio

Pessoense, Walfredo nasceu na capital paraibana quando ela ainda se chamava Parahyba do Norte, no ano de 1893. Ele faleceu em 1973, mas potencializou seu trabalho junto com a cidade, que era o seu cenário favorito. Hoje, as fotos de João Pessoa, assinadas por Walfredo, se eternizam no Museu Casa da Pólvora, no Centro Histórico da Capital, e contam a história da cidade.

Há 300 anos, a Parahyba do Norte temia um ataque francês em sua costa. Por esse motivo, o então governador da capitania, João da Maia, mandou construir diversas Casas Bélicas para proteger o território. Decorridos três séculos, uma delas se mantém em pé. Hoje, em vez de abrigar pólvora, mosquetes e revólveres, abriga história em forma de imagens.

As primeiras imagens são da Praia de Tambaú, na década de 30, onde os tradicionais coqueiros que decoram a paisagem praiana permanecem intactos. Ao fundo, é possível ver a ainda inteira barreira do Cabo Branco onde seria construída a Estação Cabo Branco. Na segunda foto, ainda é possível observar um trecho da primeira calçada construída na orla de Tambaú, próximo ao Busto de Tamandaré.

Praia de Tambaú, na década de 1930

Foto: Praia de Tambaú, na década de 1930
Créditos: Walfredo Rodriguez

A Avenida Epitácio Pessoa também foi cenário das fotografias de Walfredo. Construída na década de 30, a foto abaixo mostra um trecho da principal avenida de João Pessoa, próximo ao Clube Cabo Branco, aproximadamente nos anos 60.

Avenida Epitácio Pessoa

Foto: Avenida Epitácio Pessoa
Créditos: Walfredo Rodriguez

É possível ver operários abrindo a Avenida Epitácio Pessoa em um trecho próximo ao Rio Jaguaribe, onde hoje existe uma famosa rede de fast-food.

Avenida Epitácio Pessoa

Foto: Avenida Epitácio Pessoa
Créditos: Walfredo Rodriguez

Um dos principais cartões postais da cidade de João Pessoa é, sem dúvida, o Parque Solón de Lucena. Na imagem registrada por Walfredo Rodriguez do alto do Lyceu Paraibano, por volta da década de 50 é possível observar que as árvores os vestígios de Mata Atlântica, ainda presentes no Centro da cidade, eram muito mais abundantes.

Parque Solón de Lucena

Foto: Parque Solón de Lucena
Créditos: Walfredo Rodriguez

O Centro era o recanto da boemia e do comércio pessoenses. Atualmente, isso não mudou muito, mas na década de 40 é possível observar os trilhos do bonde que ainda operava naquela época, na Rua Maciel Pinheiro.

Rua Maciel Pinheiro

Foto: Rua Maciel Pinheiro
Créditos: Walfredo Rodriguez

Na Rua Duque de Caxias, os edifícios históricos permanecem intactos. A história construída em concreto permanece viva aos olhos de quem passa na avenida no século 21.

Rua Duque de Caxias

Foto: Rua Duque de Caxias
Créditos: Walfredo Rodriguez

Os olhos de Walfredo Rodriguez conseguiram captar a essência da cidade de João Pessoa, que mesmo após tantos anos, permanece encantadora. A fotografia tem o poder de parar o tempo e deixá-lo registrado por toda a eternidade, por isso, Walfredo utilizou seu coração e sua mente para eternizar a cidade-berço de sua arte.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

Atenção

Fechar