Parte da UFPB fica sem aula por causa de paralisação de servidores e professores

Segundo o secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Ensino Superior da Paraíba, José Rômulo Batista, a mobilização vai contar com adesão total dos servidores e com participação de professores

Emprego e Educação | Em 13/09/17 às 23h21, atualizado em 13/09/17 às 23h23 | Por Redação
Arquivo/Correio Online
UFPB

Uma paralisação dos servidores técnico-administrativos e de professores deixa sem aulas, nesta quinta-feira (14), alguns cursos da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). A mobilização faz parte de uma ação nacional contra a reforma da Previdência e tem como ponto de protesto o Parque da Lagoa, às 9h, no Centro de João Pessoa.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo o secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Ensino Superior da Paraíba (SintesPB), José Rômulo Batista, a mobilização vai contar com adesão total dos servidores e com participação de professores.

“Iremos paralisar as atividades nesta quinta e protestar contra a reforma da Previdência que o governo quer aprovar. Além dos servidores técnico-administrativos também teremos adesão de professores e alunos da instituição”, disse José Rômulo Xavier.

Além da manifestação na Lagoa, a categoria também vai promover distribuição de panfletos informativos e atos relâmpago em diversos pontos da Capital.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Atenção

Fechar