Paraibana na Cidade do México relata estragos e pânico após novo terremoto

Bancária de João Pessoa disse que estava no sétimo andar de um edifício quando começou o tremor; sismo ocorre 11 dias após outro devastador no país

Mundo | Em 19/09/17 às 16h24, atualizado em 19/09/17 às 18h07 | Por Alisson Correia e Alexandre Freire
Imagem compartilhada no WhatsApp
México registra novo e forte terremoto

Um novo terremoto atingiu o México nesta terça-feira (19), de magnitude 7,1 na escala Richter, e foi sentido na Cidade do México. A bancária paraibana Leila Viana, que é de João Pessoa, mas mora na cidade, registrou a movimentação e o susto na capital mexicana após o tremor.

Leia também: Tremores de terra assustam moradores de cidades da região serrana do Paraná

O terremoto ocorre 11 dias após outro devastador registrado no país, que destruiu cidades do sul do México e deixou 90 mortos, e no mesmo dia em que se completam 32 anos do sismo que deixou milhares de mortos na Cidade do México.

A paraibana disse ao Portal Correio que estava no sétimo andar de um edifício e teve que sair às pressas após sentir o tremor. Segundo ela, houve danos e vidros de janelas quebradas e as autoridades de segurança deram início aos procedimentos de emergência. "Desligaram luz e gás", explicou.

Em vídeo que ela compartilhou, é possível ver fumaça e ouvir alarmes de emergência na capital mexicana.



Segundo a imprensa internacional, ao menos 47 pessoas morreram nos estados de Morelos e do México devido ao terremoto. O abalo derrubou pelo menos 10 edifícios na Cidade do México.

Segundo informações do UOL, o epicentro do terremoto foi na região da cidade de Chiautla de Tapia, no estado de Puebla, a cerca de 200 km de capital mexicana, e teve 51 km de profundidade.

O presidente mexicano Enrique Peña Nieto estava em Nova York para a Assembleia Geral da ONU, mas voltou imediatamente ao país.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Atenção

Fechar