Um é preso e outro é liberado em caso de empresária de CG morta em assalto

Suspeito de atirar foi liberado após decisão da Justiça, mas a polícia explicou que isso não é decisivo para atestar se ele é ou não inocente no caso

Polícia | Em 10/01/17 às 15h43, atualizado em 10/01/17 às 15h57 | Por Redação
Reprodução/TV Correio HD
Suspeito teria conduzido moto da fuga

Um jovem de 26 anos foi preso suspeito de pilotar a moto que deu fuga ao homem que roubou e matou a empresária Célia Cirne, no dia 24 de dezembro, no Centro de Campina Grande. A polícia apresentou o suspeito e algumas informações sobre as investigações nesta terça-feira (10). Veja vídeo abaixo.

Leia também:

- Empresária é morta a tiros em assalto na PB; vítima era irmã de presidente do TJRN

- Empresária de Campina Grande não reagiu a assalto e foi morta friamente

- Delegada diz já ter suspeito da morte de empresária na PB; confira vídeo do crime

- Jovem é preso suspeito de matar empresária durante assalto em CG


Segundo a polícia, ele foi preso em casa no bairro da Liberdade, onde estavam a roupa e acessórios usados no crime. Em depoimento, ele teria confessado a participação, detalhando horários da ação.

O suspeito de atirar foi liberado após decisão da Justiça, mas a polícia explicou que isso não é decisivo para atestar se ele é ou não inocente no caso. Um terceiro suspeito ainda é investigado.

Assista abaixo.



Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Atenção

Fechar