Preso suspeito de mandar matar PM com 20 tiros em João Pessoa

Crime aconteceu no dia 11 de novembro do ano passado, no Colinas do Sul

Polícia | Em 11/01/17 às 09h57, atualizado em 11/01/17 às 18h17 | Por Redação
Imagem compartilhada no WhatsApp
Cabo foi morto a tiros em João Pessoa

Um jovem de 23 anos foi preso, na noite dessa terça-feira (10), suspeito de participar do assassinato do cabo da Polícia Militar Valdemar Neto, ocorrida no bairro Colinas do Sul, em 11 de novembro do ano passado.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O suspeito foi encontrado no estacionamento de um supermercado no bairro do Geisel. Ele portava drogas no momento da abordagem policial. Segundo o tenente Bertuni Silva, da Força Tática do 5º Batalhão, a PM chegou até o jovem após denúncias anônimas.

“Desde o dia do crime, a PM realiza levantamentos e recebe denúncias sobre esse suspeito, dizendo que ele seria o mandante do crime contra o cabo Valdemar. Em uma delas, nessa terça-feira, indicaram que ele estava saindo do supermercado, fomos até lá e na abordagem ele foi flagrado com as drogas”, disse.

O policial Valdemar Neto foi morto com cerca de 20 tiros, dentro de um carro. Ele era conhecido como ‘Bob Esponja’ e prestava serviço na Unidade de Polícia Solidária (UPS) do bairro do Roger.

A PM foi até o bairro onde o suspeito mora, no Colinas do Sul, o mesmo onde o policial foi assassinado, e encontrou dois adolescentes, de 17 anos cada, na casa do suspeito flagrado com pedras de crack e maconha. Um dos jovens estava armado com um revólver calibre 38. Os três são suspeitos de atuar no tráfico de drogas do bairro. Eles foram levados para a Central de Polícia Civil.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Atenção

Fechar