Homem é preso suspeito de descumprir medida protetiva e ameaçar ex-mulher, na PB

Como ele descumpriu esta semana a determinação da Justiça, a vítima procurou a polícia mais uma vez para informar sobre ameaças feitas por ele

Polícia | Em 12/04/17 às 19h55, atualizado em 12/04/17 às 19h59 | Por Redação
Divulgação/Secom-PB
Polícia identificou descumprimento de medida protetiva

Policiais do Grupo Tático Especial (GTE) da 8ª Delegacia Seccional de Guarabira, no Brejo da Paraíba, a 98 km de João Pessoa, em uma ação conjunta com policiais da guarnição do Comando e do Núcleo de Inteligência do 4º Batalhão da Polícia Militar, cumpriram, na manhã desta quarta-feira (12), um mandado de prisão preventiva expedido nessa terça-feira (11) pela Justiça contra um homem de 31 anos. A ordem judicial foi expedida em razão de desobediência de medida protetiva.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O detido foi denunciado pela ex-mulher por agressão física. A partir disso, foi aberto um inquérito policial para apurar o crime de violência doméstica e com a comprovação do fato o agressor foi autuado na Lei Maria da Penha e a Justiça determinou a execução de medida protetiva de urgência para assegurar o direito da vítima. Entre as medidas de proteção estava a saída dele da casa da ex-mulher e o distanciamento dos locais de convivência da vítima.

Como ele descumpriu esta semana a determinação da Justiça, a vítima procurou a polícia mais uma vez para informar sobre as ameaças feitas por ele. Por causa da gravidade da denúncia, o mandado de prisão foi expedido para garantir a segurança da mulher. De posse da ordem judicial, os agentes de investigação foram até a casa do suspeito, que fica no Centro da cidade de Alagoinha, no Agreste, a 89 km da Capital, e lá ele foi preso. Depois de ser ouvido pela Polícia Civil, o investigado foi encaminhado para a Cadeia Pública de Alagoinha para aguardar pela audiência de custódia.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Atenção

Fechar