Presa suspeita de usar documento falso para visita íntima em presídio de JP

De acordo com a Polícia Civil, a própria suspeita possui antecedentes criminais por tráfico de drogas, motivo pelo qual forjou a documentação

Polícia | Em 18/04/17 às 20h52, atualizado em 18/04/17 às 20h55 | Por Redação
Reprodução/Google Street View
Penitenciária Desembargador Sílvio Porto

A Polícia Civil da Paraíba, através da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa, em ação conjunta com o Sistema Penitenciário, prendeu em flagrante uma mulher de 31 anos que, segundo investigações, utilizava um documento de identidade adulterado (em nome de outra mulher) para visita íntima de um apenado da Penitenciária Desembargador Sílvio Porto, na Capital, onde está preso por tráfico de drogas e tentativa de homicídio.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com a Polícia Civil, a própria suspeita possui antecedentes criminais por tráfico de drogas, motivo pelo qual forjou a documentação, para que pudesse comparecer às visitas sem ser identificada.

Ela foi presa em flagrante pelos crimes de falsidade ideológica e falsificação de documento público e será apresentada à audiência de custódia nesta quarta-feira (19).

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Atenção

Fechar