Promotor pede que mãe perca guarda da filha de 11 anos que deu à luz, na PB

Pedido do promotor seguiu para o Juizado da Infância e Juventude de João Pessoa e a decisão poderá ser emitida ainda nesta terça

Polícia | Em 12/09/17 às 14h07, atualizado em 12/09/17 às 14h21 | Por Redação
Reprodução/Google Street View
Ministério Público da Paraíba (MPPB)

O promotor da Infância e Juventude de João Pessoa Alley Borges Escorel informou nesta terça-feira (12) que a mãe da menina de 11 anos, que deu à luz, poderá perder a guarda da filha. A informação é da repórter Sandra Macedo, da Rede Correio Sat.

Leia também: Menina de 11 anos dá à luz em João Pessoa e padrasto é suspeito de abuso

Ele disse que pediu que a mãe perca a guarda da filha de 11 anos porque ela teria sido negligente, ao ignorar que a criança sofria de terror noturno e foi obrigada a trabalhar mesmo grávida.

O pedido do promotor seguiu para o Juizado da Infância e Juventude de João Pessoa e a decisão poderá ser emitida ainda nesta terça.

A menina de 11 anos deu à luz a um bebê e o suspeito de ser pai é o padrasto dela, que teria a abusado sexualmente, em João Pessoa. Ele ainda é procurado pela polícia.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Atenção

Fechar