Preso idoso suspeito de estuprar enteadas de 10 e 12 anos, na Paraíba

Conforme o delegado Henry Fábio, gestor da Polícia Civil na região de Pocinhos, o estupro contra as vítimas foi descoberto pelo pai biológico delas, que acionou a polícia

Polícia | Em 12/09/17 às 16h29, atualizado em 12/09/17 às 18h13 | Por Redação
sirene, imagem ilustrativa,
Imagem Ilustrativa

Foi preso, nessa segunda-feira (11), em Campina Grande, um idoso de 65 anos suspeito de estuprar as enteadas. Os crimes aconteceram em 2015, quando as vítimas tinham 10 e 12 anos, quando o suspeito convivia com a mãe das meninas no município de Pocinhos, Agreste paraibano, a 180 quilômetros de João Pessoa.

Leia também: Promotor pede que mãe perca guarda da filha de 11 anos que deu à luz, na PB

Conforme o delegado Henry Fábio, gestor da Polícia Civil na região de Pocinhos, o estupro contra as vítimas foi descoberto pelo pai biológico delas, que acionou a polícia. Em depoimento, a adolescente mais velha, que tem atualmente 14 anos, confirmou que os estupros eram recorrentes.

Leia mais Notícias no Portal Correio

“A adolescente de 14 anos afirmou em depoimento, e exames confirmaram, que os estupros contra ela aconteciam continuamente. Já com a outra enteada ele tentou praticar atos sexuais, mas não conseguiu. Mesmo assim é configurado como estupro. Na época houve decretação da prisão, mas ele conseguiu fugir”, contou o delegado.

Ainda segundo o delegado, em depoimento, a mãe das crianças afirmou que não desconfiava dos abusos. O idoso foi localizado em Campina Grande e preso, sendo encaminhada a Cadeia Pública de Pocinhos, onde aguardará audiência de custódia.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Atenção

Fechar