Energisa explica que funcionário filmado em prédio de JP não era suspeito

Homem alegou que estava ali para cortar energia de um dos apartamentos, mas porteiro estranhou o horário avançado e não permitiu a entrada dele

Polícia | Em 13/10/17 às 07h55, atualizado em 13/10/17 às 11h17 | Por Redação
Reprodução/TV Correio
Suspeito usava uniforme da Energisa

O circuito de segurança de um prédio residencial no bairro Jardim Luna, em João Pessoa, flagrou o momento em que um funcionário da Energisa tentou ter acesso ao edifício. Ele vestia uniforme, mas foi tratado como suspeito por ter chegado em um horário noturno. As imagens foram feitas no fim da noite da quarta-feira (11) e divulgadas na manhã desta sexta (13), pela TV Correio.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Conforme apuração da TV Correio, o homem  tentou convencer o porteiro a deixá-lo entrar no prédio usando a justificativa de que teria uma ordem para cortar a energia elétrica de um dos apartamentos. O funcionário se assustou e achou que seria uma fraude, devido ao horário avançado em que o caso foi registrado.

O relógio do circuito de segurança marcava 23h59 quando o homem desistiu da ação e foi embora. O carro usado por ele estava com adesivos da concessionária de energia elétrica.

A Energisa divulgou nota para explicar o caso:

"A Energisa confirma que a equipe filmada atuando no bairro Jardim Luna na última quarta-feira pertence aos quadros da empresa e foi deslocada para atender uma solicitação feita pelo proprietário do imóvel. No pedido do desligamento de energia, o solicitante não informou restrição de horário. Como houve impedimento por parte do porteiro, a equipe não realizou o serviço solicitado.

Alguns serviços comerciais feitos pela Energisa, como religação, ligação nova e desligamento de unidade, podem ser atendidos até às 22 horas desde que devidamente solicitados e autorizados pelo cliente e respeitando as normas dos condomínios, salvo em casos de ameaça à vida. Já o corte de energia por falta de pagamento só ocorre em horário comercial. E o atendimento a ocorrências emergenciais é feito 24 horas, todos os dias da semana.

A Energisa reforça a recomendação para que o cliente sempre solicite a identificação das equipes por meio do crachá funcional. Se houver dúvidas, o cliente deve ligar para o call center (0800 083 0196), informar nome e matrícula do colaborador para confirmar a identidade".

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Atenção

Fechar