Médicos são ameaçados e correm risco de morte no Trauminha de JP, diz CRM-PB

Segundo o órgão, funcionários do local estariam sendo agredidos e ameaçados; direção da unidade não foi encontrada para comentar o assunto

Saúde | Em 10/01/17 às 17h50, atualizado em 10/01/17 às 17h53 | Por Redação
Reprodução/Google Street View
Trauminha, em João Pessoa

O Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM-PB) solicitou a instalação de um posto policial no Complexo Hospitalar Tarcísio Burity de Mangabeira, mais conhecido como Trauminha, que fica no bairro de Mangabeira, Zona Sul de João Pessoa. A solicitação ocorre após denúncias de que funcionários do local estariam sendo agredidos e ameaçados de morte.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo o CRM-PB, existe a necessidade de salvaguardar a integridade e segurança de funcionários do local, que exercem suas funções sob ameaças de pessoas atendidas e familiares de pacientes.

O Portal Correio tentou contato com a direção do Trauminha para um posicionamento da unidade sobre a solicitação do CRM-PB, durante toda a tarde desta terça-feira (10), com vários telefonemas, mas até a publicação desta matéria a direção não foi encontrada.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Atenção

Fechar