Anvisa suspende vacina, álcool e medicamento após irregularidades em testes

Segundo a Anvisa, 16 lotes da vacina Rotarix foram suspensos de distribuição e de uso após ser identificada a perda de integridade das bisnagas durante o processo de fabricação

Saúde | Em 16/06/17 às 22h00, atualizado em 16/06/17 às 22h08 | Por Redação
Reprodução/Pedro Ventura/Agência Brasília
Imagem Ilustrativa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a distribuição e uso, nesta sexta-feira (16), de lotes de vacina de combate ao rotavírus, medicamento para tratamento de úlceras e de álcool por constatação de irregularidades. Comente no fim da matéria.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Vacina


Segundo a Anvisa, 16 lotes da vacina Rotarix (vacina oral de Rotavírus humano G1P 8), utilizada para a proteção contra diarreia e vômito causados pela infecção por rotavírus foram suspensos de distribuição e de uso após ser identificada a perda de integridade das bisnagas durante o processo de fabricação.

A suspensão é válida para os lotes: AROLB699AA, AROLB700AA, AROLB700BA, AROLB701AA, AROLB701BA, AROLB702AA, AROLB703AA, AROLB704AA, AROLB705AA, AROLB781AA, AROLB782AA, AROLB783AA, AROLB784AA, AROLB786AA, AROLB786BA e AROLB787AA.

Perivasc

A Anvias também determinou a suspensão da importação, distribuição, comercialização e uso do medicamento Perivasc, indicado para tratamento das manifestações da insuficiência venosa crônica, como varizes, sequelas de tromboflebites e úlceras varicosas.

A decisão foi tomada após falhas detectadas durante inspeção para verificação de Boas Práticas de Fabricação na empresa espanhola Kern Pharma, fabricante do medicamento.

Álcool

O órgão também determinou a proibição de distribuição, comercialização e uso do lote 003 do Álcool Flop’s 46, fabricado por Industria e Comércio de Produtos Químicos Tangará Ltda.

As medidas foram tomadas após um laudo de Análise Fiscal emitido pela Fundação Ezequiel Dias (Funed/MG) apresentar resultado insatisfatório nos ensaios de teor alcoólico, aspecto e rotulagem no lote do produto.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Atenção

Fechar