Lote do Captopril tem uso proibido pela Anvisa

Laboratório Farmacêutico de Pernambuco solicitou a interdição após identificar que a quantidade de princípio ativo dissulfeto de captopril nos comprimidos estava diferente do padrão

Saúde | Em 04/07/17 às 07h09, atualizado em 04/07/17 às 07h09 | Por Redação
Reprodução/blogs.ucl.ac.uk
Imagem ilustrativa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou, nesta segunda-feira (3), a suspensão de venda, uso e interdição de dez lotes do medicamento Captopril 25 miligramas (mg), indicado para tratamento de pressão arterial e, em alguns casos, pacientes cardíacos. Comente no fim da matéria.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo a Anvisa, a empresa fabricante do medicamento, o Laboratório Farmacêutico de Pernambuco (Lafepe), solicitou a interdição após identificar que a quantidade de princípio ativo dissulfeto de captopril nos comprimidos estava diferente do padrão.

Os lotes interditados são: 15081401, com validade até agosto deste ano; 15081402, com validade até agosto deste ano; 15081403, com validade até agosto deste ano; 15090230, com validade até setembro deste ano; 15090231, com validade até setembro deste ano; 15090232, com validade até setembro deste ano; 15121446, com validade até dezembro deste ano; 16030251, com validade até março de 2018; 16030254, com validade até março de 2018; e 16030255, com validade até março de 2018.

Orientações para troca

Ainda segundo a Anvisa, os pacientes que estejam usando o medicamento devem fazer a troca do remédio imediatamente como forma de garantir continuidade normal do tratamento evitar o uso de um produto com efeito menor do que o prometido.

Para saber como fazer a troca do medicamento a Anvisa orientou que os pacientes entrem em contato com o serviço de atendimento da empresa ou consultem o médico que receitou o medicamento.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Atenção

Fechar