Oficina circense prorroga inscrições e abre vagas para alunos da rede pública, em JP

13
0
COMPARTILHE

As inscrições para o curso ‘Vivência de Palhaço’, com Dadá Venceslau, foram prorrogadas pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), por meio da Escola Livre de Circo, até a próxima terça-feira (7). As inscrições são gratuitas para estudantes acima de 14 anos de idade.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

Oito vagas serão abertas para alunos da rede pública de ensino. Basta trazer a declaração da escola onde o interessado está matriculado. Também há vagas para não estudantes. O investimento é de R$ 40 (mensal).

Por se tratar de um curso de iniciação, é aberto ao público em geral, podendo se inscrever jovens e adultos iniciados ou não na arte da palhaçaria. A idade mínima para se matricular é 14 anos. A duração é de três meses, com encerramento previsto para o mês de agosto.

O objetivo da vivência é desenvolver um experimento que utilize técnicas circenses, protagonizando o palhaço no picadeiro, na rua, nas praças, teatros e festas, através de exercícios corporais e vocais, jogos cênicos e caracterização da personagem.

De forma lúdica, como uma brincadeira de roda, o grupo vai criando e improvisando à medida em que mergulha no mundo do circo. Assim, os participantes se transformam em apreciadores dessa arte.

A cada etapa, os participantes observam uma demonstração de um palhaço, do aquecimento à caracterização como uma performance. Em seguida, cada um, individualmente ou em grupo, apresenta o que foi elaborado a partir daquela vivência e segue para uma avaliação onde todos podem expressar os seus sentimentos.

Os participantes podem levar materiais pessoais para compor seus personagens/palhaços, a exemplo de peruca, casaca, calça, sapato, mala, bola de sopro e de plástico, bambolê, entre outros acessórios. As aulas serão ministradas na Escola Livre de Circo, localizada no Espaço Cultural José Lins do Rego, ao lado da Estação Ciência, na Capital.

Sobre o ministrante – Palhaço Dadá, personagem criado pelo artista paraibano Dadá Venceslau, também artista plástico, cenógrafo, figurinista e ator graduado em Educação Artística e especialista em Arte-Educação. Há 25 anos atua na Agitada Gang (Trupe de Atores e Palhaços), e no espetáculo “Como nasce um cabra da peste”, de Altimar Pimentel sob a direção de Eliézer Rolim. No ano 2000 gravou o seu primeiro CD “Canta Palhaço” e em 2010, o segundo “Dadá Canta Outra Vez” ambos com releituras de cantigas do cancioneiro popular. Foi por quatro anos (2008-2011) presidente da ONG Associart-PB (Associação de Artistas Plásticos da Paraíba).

Leia
mais notícias
em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no
Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar
informações à Redação
do Portal Correio pelo
WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas