Operadores de ?nibus de JP aceitam proposta de 10% e cancelam indicativo de greve

0
COMPARTILHE

Os operadores de ônibus de João Pessoa aceitaram no começo da noite desta terça-feira (7) a proposta de 10% de reajuste dos salários acordada numa mesa redonda com representantes da categoria, Ministério do Trabalho e dos empresários.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com informações do presidente do Sindicato dos Motoristas da Paraíba, Antônio de Pádua, houve avanço e um ganho real de 2% com esse percentual acordado (quando descontada a inflação). Ele disse ainda que o vale alimentação também teve o mesmo percentual de reajuste dos salários, de 10%.

Pádua falou que, entre as reivindicações feitas pelos trabalhadores, apenas a que se refere aos planos de saúde não teve avanço. A decisão de aceitar o acordo foi referendada durante assembleia dos trabalhadores realizada no começo da noite desta terça (7).

Com o acordo, os salários dos motoristas passarão de R$ 1.650 para R$ 1.815, o mesmo valor dos salários de despachante e mecânico/montador, enquanto o de cobrador subiu de R$ 876 para R$ 963.

Com o acordo, sobe também o valor do Vale Alimentação da categoria que para motoristas, despachantes e mecânico/montador passará para R$ 400, enquanto o de cobrador será de R$ 212.

Ainda em relação ao vale alimentação ficou acordado que nenhum trabalhador receberá menos que o valor do vale alimentação do cobrador, nem acima do valor do ticket pago ao motorista. As categorias intermediárias receberão um reajuste no vale alimentação equivalente a 22% do respectivo salário.

O indicativo de greve dos operadores foi aprovado na quarta-feira (1º) e a paralisação seria iniciada a 0h desta terça-feira (7), mas foi adiada para a tarde desta terça a pedido dos empresários que queriam apresentar uma nova proposta.

Na mesa redonda que começou às 15h, os empresários apresentaram proposta de reajuste de 9%, que depois do intermédio do fiscal da Superintendência Regional do Trabalho, Hélio Andrade, foi para 10%, chegando ao consenso desejado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas