Opera??o apreende celulares, facas, punhais e pen drives que estavam com detentos, na Para?ba

16
COMPARTILHE

Uma operação realizada na manhã desta terça-feira (21) pelos agentes penitenciários da Colônia Penal Agrícola de Sousa, no Sertão paraibano, a 433 km de João Pessoa, terminou com a apreensão de chips, celulares, baterias, carregadores, fones de ouvido, facas, punhais, espetos artesanais, pen drives, cartões de memória e drogas. Os objetos estavam em poder dos detentos e teriam entrado na unidade por conta do muro baixo.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo o diretor da Colônia, Daniel da Rocha Cruz, a operação teve início às 6h e contou com o trabalho de 13 pessoas.

“Ao todo, foram apreendidos 34 chips de celular, 12 facas, três punhais, 31 baterias de celular, seis barrotes, 28 celulares, um cachimbo, quatro pen drives, 26 carregadores de celular, 17 fones de ouvido, três espetos artesanais, 11 cartões de memória, dez ferros para fabricação de espetos artesanais, um tablete de substância tóxica, provavelmente maconha e 62 trouxas de substância tóxica, provavelmente maconha. Os objetos estavam em diversos lugares, no interior das celas”, disse o diretor.

Segundo Daniel, a entrada dos objetos vem ocorrendo por conta do muro baixo unidade, que facilita que pessoas joguem os materiais.

“Descarto a possibilidade de entrada facilitada por agentes diante das limitações na estrutura física (muro baixo). Adotaremos as medidas administrativas pertinentes e haverá uma auditoria para identificar os responsáveis”, disse o diretor.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas