Opera??o ?R$ 3,69?, j

0
COMPARTILHE

Depois da polêmica do final de dezembro até a primeira quinzena deste mês: falta combustível na Paraíba, postos ameaçam fechar bombas, postos aumentam preços, sai terminal da Petrobras do Porto de Cabedelo, Governo se mobiliza, parlamentares ‘acordam’, permanece o terminal na Paraíba, vinda dos combustíveis volta ao normal, o preço bai… Opa!!! Não, não baixou. Ao contrário. Só aumentou.

Aliás, para onde se olha e se roda, pelo menos na Capital paraibana, está lá o valor: R$ 3,69. Se as justificativas para o reajuste eram todas essas acima citadas, então, não existem mais.

Acontece que a uniformização dos preços, uma palavra mais simpática para ‘cartel’, é visível aos olhos e ao bolso dos consumidores. Aí, lembrei da Operação 274, encabeçada pelo Ministério Público da Paraíba, em 2008, com apoio de órgãos como a Polícia Federal e que desmantelou o cartel de combustíveis no estado.

Guardada as devidas proporções, acredito que está mais que na hora de os órgãos competentes tomarem medidas mais enérgicas, como uma ‘Operação 369’ – só uma sugestão – para descobrir ou cobrar esse aumento nas bombas dos postos de combustíveis. O consumidor certamente vai agradecer.

Porque se isso não é uniformização, alguém me diga o que é. Na crise, já ficou provado que quanto mais se aumenta, mais caem as vendas. Então, se a intenção é vender, meu amigo, desse jeito, está difícil.

O OUTRO LADO DAS CHUVAS

O Correio, através do Instagram (@correiodaparaiba) tem publicado fotos sobre as mudanças em todo o Estado, com a chegada das chuvas. Mas, muitos leitores têm se mostrado preocupado, seja porque os reservatórios não têm ‘recebido’ essa água ou, porque secos, foram usados como depósito de lixo.

CHUVAS 1

“O lamentável é que as chuvas mudaram somente a cor da vegetação. Infelizmente, pelo menos em São Gonçalo, pouca água acumulada, o que é preocupante”, relatou a leitora Débora Cristina, que reside em Sousa.

CHUVAS 2

“Quanto aos prejuízos deixados pela última seca, não há nem o que falar São Gonçalo parece um cemitério de coqueiros”, complementou.

CHUVAS 3

Outra leitora, Evanise Barbosa, alerta para a situação do Rio Espinharas, que alimenta os reservatórios de Patos. “A grande preocupação é que tem uma mata dentro do rio e a água não consegue chegar”.

CHUVAS 4

A bioquímica disse ainda que o rio está poluído e precisa ser revitalizado. A população tem se mobilizado, mas o poder público precisa atuar.

HISTÓRIA DE CHICO

Contada pelo ex-prefeito da Capital Chico Franca, hoje procurador do Estado. Prefeito de João Pessoa de 92 a 96, ele lembrou que o nome da rua Fernando Luiz Henrique dos Santos foi dado em homenagem a um amigo que morava no bairro do Bessa e faleceu num acidente em Sapé.

NA RUA

Após ganhar força no Diretório Nacional do PSD, o prefeito Luciano Cartaxo está acompanhando o deputado federal Rômulo Gouveia, em ações na Capital e no interior do Estado.

A MAIS NA CONTA

Os prefeitos receberão um dinheiro a mais na conta dos municípios, este mês. Os valores são referentes ao Fundeb e deverão ser depositados até o dia 29 deste mês.

UNIDADE 1

O deputado federal Hugo Motta disse que a intenção, ao se colocar como nome para liderança do PMDB, é buscar a unidade da bancada e “auxiliar nosso partido”.

UNIDADE 2

Hugo até é otimista, mas o PMDB, a essa altura do campeonato e diante do que aconteceu em 2015, unidade não é a palavra que define o futuro da legenda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas