Oposi??o come?a a definir nome do novo l?der na ALPB

18
COMPARTILHE

A bancada de oposição ao Governo do estado na Assembleia Legislativa da Paraíba, mesmo aproveitando o recesso parlamentar, já começa a definir o nome que substituirá o deputado estadual Renato Gadelha (PSC) na liderança do grupo este ano na Casa Epitácio Pessoa. Os nomes que aparecem como mais cotados são o dos deputados Bruno Cunha Lima (PSDB), Tovar Correia (PSDB), Raniery Paulino (PMDB) e Daniella Ribeiro (PP).

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

Renato Gadelha, que esteve à frente da bancada em 2015, afirmou que o novo líder será escolhido entre o fim de janeiro e início de fevereiro. “Todo mundo têm perfil para ser líder, mas isso vai depender da reunião da bancada que deve acontecer no fim de janeiro e início de fevereiro, que é quando todos estão aqui em João Pessoa, porque muitos estão viajando, estão visitando suas bases”, explicou em entrevista ao programa Correio Debate, da Rede Correio Sat, nesta terça-feira (5).

Segundo ele, a indicação será consensual e não haverá a interferência do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), líder da oposição no estado. “Cássio não tem essa ingerência, ele não participa, ele deixa sempre, como bom democrata que é, que a gente faça a escolha livremente. Nós vamos nos reunir e cumprir o que decidirmos”, garantiu.

O deputado José Aldemir revelou que existe um acordo para que nomes já escolhidos no início de 2015 assumam a liderança da bancada no próximo três anos de Legislatura, que seriam Bruno Cunha Lima, Daniella Ribeiro e Tovar Correia.

“A bancada de oposição já deliberou desde o início do mandato fazer uma rotatividade na liderança da bancada. O primeiro ano foi indicado foi Renato Gadelha, que fez um bom trabalho. Parece que será Bruno Cunha Lima em um ano e depois Tovar e Daniella Ribeiro”, contou.

A deputada Daniella Ribeiro, disse ficar feliz com a lembrança do nome, mas adianta que o assunto ainda será discutido com o grupo. “Na verdade, nada disso foi tratado ainda sobre a escolha do próximo líder. Não chegamos ainda a conversar, a oposição ainda não se reuniu. Mas nos próximos dias haveremos de nos reunir e eu fico muito feliz só com a lembrança do nome”, disse.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas