Para?ba deve imunizar cerca de 250 mil crian?as; veja onde vacinar

4
0
COMPARTILHE

As Campanhas Nacionais de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação para Atualização de Caderneta de Vacinação deste ano começam neste sábado (15) em todo o Brasil. No mesmo dia, é realizado o Dia D de Mobilização contra a Paralisia Infantil no país.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Em João Pessoa, os serviços de imunização e atualização da caderneta de vacinação estão disponíveis em todas as 186 equipes de Saúde da Família distribuídas em 115 Unidades de Saúde (USFs).

Em Campina Grande, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e os Centros de Saúde abrem no sábado para oferecer a imunização às crianças

Devem ser vacinadas contra a poliomielite crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos e 11 meses 29 dias) e a meta é atingir 95% do público-alvo – um total de 249.033 crianças na Paraíba. Para isso, o Ministério da Saúde distribuiu 327 mil doses ao estado.

A Campanha contra a Poliomielite e a Multivacinação para Atualização do Esquema Vacinal segue até o dia 31 em todos os municípios da Paraíba. É importante lembrar aos pais e responsáveis que não se esqueçam de levar a carteirinha de vacinação aos postos de saúde.

Contraindicações

A vacina é contraindicada para crianças portadoras de infecções agudas com febre acima de 38º; com hipersensibilidade conhecida a algum componente da vacina, a exemplo de estreptomicina ou eritromicina; que, no passado, tenham apresentado qualquer reação anormal à vacina; imunologicamente deficientes devido a tratamento com imunossupressores ou com deficiência imunológica congênita; e crianças com história de paralisia flácida associada à vacina, após dose anterior da poliomielite oral.

Segurança

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina é extremamente segura. Não existe tratamento para a poliomielite e a única forma de prevenção é a vacinação. A vacina protege contra os três sorotipos do poliovírus 1, 2 e 3. A eficácia da imunização é em torno de 90% a 95%.

Ela é recomendada mesmo para as crianças que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarreia. Para crianças com infecções agudas, com febre acima de 38ºC ou com hipersensibilidade a algum componente da vacina, o Ministério da Saúde recomenda aos pais que consultem um médico para avaliar se a vacina deve ser aplicada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas