Paraíba ganha pista e retorna ao circuito nacional de Kart

4
0
COMPARTILHE

O acesso à Fórmula 1 para os pilotos, além da necessidade de ter recursos financeiros para investimento na carreira, passa quase que obrigatoriamente pela escola do kart. São Paulo e Paraná têm sido o berço da modalidade no Brasil, mas a Paraíba, que também já revelou talentos como Valdeno Brito – conhecido no meio automobilística como a “flecha da Paraíba” -, está quebrando essa hegemonia, mas não antes de conseguir debelar um boicote dos pilotos paulistas e paranaenses.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

O empresário paraibano Sérgio Crispim, que está inaugurando o primeiro kartódromo internacional da Paraíba – já homologado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo, afirmou que dirigentes das equipes do eixo São Paulo-Paraná não viam com bons olhos a construção do equipamento e chegaram até fazer um abaixo-assinado que contou com mais de 80 assinaturas. O custo de logística foi o principal argumento para a tentativa de boicote.

O projeto paraibano, batizado de Circuito Internacional Paladino, venceu a batalha ao receber o sinal verde da Federação Brasileira de Automobilismo para sediar o Campeonato Brasileiro de Kart, que acontecerá nos dias 11 a 23 de julho, mas teve que bancar com os custos de transportes dos karts. Crispim não informou o valor desse custo, mas disse que para o transporte cada kart custa de R$ 1,5 mil e R$ 2 mil.

Leia matéria completa na edição deste domingo (22) do jornal Correio da Paraíba.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas