Paraíba registra segundo maior crescimento do varejo em outubro, revela IBGE

9
0
COMPARTILHE

Em cenário ainda de forte recessão econômica, a Paraíba voltou a se destacar nas vendas do varejo do país, segundo informou nesta terça-feira (13) a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O volume de vendas do varejo paraibano reagiu em outubro com alta de 0,8% na comparação sobre o mesmo mês do ano anterior, o que representou a segunda melhor taxa do país. Além da Paraíba, apenas Roraima (5,1%) teve crescimento nas vendas em outubro frente ao ano passado. Já o comércio brasileiro teve um forte recuo de 8,2%.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo o IBGE, das 26 unidades de federação e do Distrito Federal, apenas Roraima e a Paraíba tiveram taxas positivas no varejo em outubro frente ao ano passado. Já as unidades que registraram as maiores quedas foram Pará (18,7%), Amapá (16,9%) e Rondônia (15,4%). Na comparação de setembro para outubro, as vendas do varejo paraibano também cresceram 1,4%, enquanto o país manteve queda de 0,8%.

No acumulado de janeiro a outubro, o comércio varejista da Paraíba reduziu a queda no volume de vendas de 4,0% para -3,2%. O índice é inferior no país apenas aos Estados de Roraima (+1,2) e de Minas Gerais (-1,5%), mostrando resistência no segundo ano de forte recessão econômica e sem retomada de crescimento. O país teve um agravamento na retração do varejo, chegando agora no acumulado de dez meses a queda de 6,7%.

A gerente de Serviços e Comércio do IBGE, Isabela Nunes Pereira, revelou que “a estabilidade no pagamento dos servidores públicos do Estado deve ter uma relação direta com o resultado do varejo”. Um terço das riquezas geradas na Paraíba vem da administração pública, o que mostra ainda uma forte participação e relação do setor público na economia do Estado.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas