Paraibano conquista primeiro lugar em competi??o nacional de m?sica

20
0
COMPARTILHE

O estudante do curso Técnico Integrado em Instrumento Musical do Campus João Pessoa Filipe de Medeiros conquistou o primeiro lugar na categoria de 15 a 17 anos do XXVI Concurso de Violão Souza Lima. A competição aconteceu em São Paulo (SP) nos dias 7 e 8 de novembro.

Leia mais notícias de Entretenimento do Portal Correio

Interpretando obras de diversos compositores nacionais e internacionais, como o italiano Giuseppe Dominico Scarlatti, o espanhol Fernando Sor e o renomado maestro e compositor brasileiro Heitor Villa Lobos, Filipe atingiu o primeiro lugar do concurso.

Além do certificado e do troféu, o aluno também foi premiado com um violão. No ano passado, Filipe participou do mesmo concurso e ficou na segunda colocação. Ele disse que o grande diferencial desta edição foi sua dedicação e a experiência de ter participado no ano anterior.

“Como essa foi a minha segunda participação, a pressão foi um pouco maior, mas de certa forma a concentração também aumentou, pois eu já tinha uma noção da dinâmica da competição. Apesar da pressão, acredito que dessa vez eu estava mais tranquilo, o que me ajudou bastante na apresentação”, comentou.

Para o aluno, o incentivo dos docentes na participação em competições como essa é de extrema importância para despertar cada vez mais o interesse dos estudantes pela música. “O professor Vinícius de Lucena me incentivou bastante, pois quando comecei a tocar eu não tinha nenhum conhecimento de concursos brasileiros na área de música erudita, então eu sou muito grato, pois, foi através dele que eu decidi me inscrever na competição”.

Filipe foi o único paraibano a concorrer neste ano. Há mais de um ano ele estava se dedicando com ensaios diários, com intuito de obter um resultado melhor nesta edição. “Desde o ano passado até o dia da competição eu me dediquei muito, ensaiando diariamente as quatro músicas que iria tocar na apresentação, e acredito que foi isso que me ajudou bastante na etapa final”, frisou o estudante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas