Paraibanos acompanham Temer e Cássio mostra em vídeo transposição seguindo de PE para PB

106
0
COMPARTILHE

Após a inauguração da terceira estação de bombeamento da água do São Francisco, que contou com a presença do presidente da República, Michel Temer, o governador Ricardo Coutinho e o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, inspecionaram, na tarde desta segunda-feira (30), as obras dos açudes de Poções e Camalaú, que integram o projeto de transposição das águas do Rio São Francisco. O ministro anunciou que voltará à Paraíba no dia 6 de março para a solenidade alusiva à chegada da água à cidade Monteiro, no Cariri, a 305 km de João Pessoa. Senadores, deputados federais e outras lideranças da região também participaram da visita às obras. O senador Cássio Cunha Lima gravou um vídeo e o divulgou nas redes sociais mostrando a água seguindo de Pernambuco para a Paraíba. Confira abaixo.

Leia mais Notícias no Portal Correio

“É preciso que a água chegue, já que a previsão de chuvas não é boa”, falou o governador. De acordo com o ministro Helder Barbalho, as obras executadas pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) estão no ritmo desejado e no início de março tudo estará pronto para a chegada da água a Monteiro. “Fizemos hoje a inauguração da terceira estação de bombeamento em Pernambuco, também vistoriamos as estações de bombeamento 4, 5 e 6 e mantemos os prazos de chegada das águas em Monteiro. Provavelmente, na primeira semana de março, no dia 6 para ser mais específico, voltaremos à cidade para fazermos uma solenidade em alusão à chegada da água no município, beneficiando os habitantes dessa região paraibana”, pontuou o ministro.

Até o mês passado, o Projeto de Integração do Rio São Francisco apresentava mais de 94% de conclusão. Na reta final, o projeto possui em torno de 5,6 mil trabalhadores contratados para atuar nos dois eixos de transferência de água (Norte e Leste). São mais de 2,3 mil máquinas em operação ao longo dos 477 km de extensão do empreendimento.

De acordo com o coordenador do Dnocs na Paraíba, Alberto Batista, as intervenções feitas em Poções e Camalaú são necessárias para que a água chegue o mais rápido possível às cidades que necessitam, como Campina Grande. “As obras no açude de Poções estão orçadas em cerca de R$ 22 milhões, incluindo modernização e automação do sistema. Já Camalaú, representa um investimento de mais de R$ 10 milhões. Após a chegada das águas no Açude Poções, seguem pelo Rio Paraíba indo até Camalaú, até chegar ao Açude de Boqueirão, que abastece Campina Grande e outras cidades. Estamos trabalhando muito para cumprir o prazo estipulado para a chegada das águas em Monteiro”, garantiu.

A água da transposição do Rio São Francisco chegará à Paraíba pelo Eixo Leste, por meio do Canal das Vertentes Litorâneas (Acauã-Araçagi), considerada a maior e mais importante obra hídrica da história do estado. A obra tem orçamento de R$ 1 bilhão e vai beneficiar mais de 600 mil habitantes de 38 municípios paraibanos, incluindo irrigação de 16 mil hectares. Dividida em três lotes, a primeira etapa, com 40 km de extensão, tem mais de 90 % concluída e vai ficar pronta até março para atender os municípios de Itatuba, Mogeiro, Itabaiana e São José dos Ramos.

Já o Sistema Adutor da Borborema, projeto em fase de elaboração, pretende expandir a eficiência da transposição no Estado e vai beneficiar toda a rede de adutoras do Cariri e Curimataú. Com o objetivo de levar segurança hídrica a 43 municípios paraibanos e a uma população estimada em 247 mil habitantes, o sistema a ser implantado na cidade de Monteiro compreende uma rede adutora de 750 km de extensão. 

Comitiva paraibana com o presidente Michel Temer

Foto: Comitiva paraibana com o presidente Michel Temer
Créditos: Divulgação


Confira vídeos do caminho da água da transposição:
 

 

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas