Paróquia em JP recebe concerto da Orquestra da Paraíba nesta quarta

11
0
COMPARTILHE

A Paróquia São José, no bairro José Américo, em João Pessoa, recebe, nesta quarta-feira (3), o 4º concerto oficial da temporada 2017 da Orquestra Sinfônica da Paraíba. A apresentação abre a programação deste ano do projeto ‘OSPB nos Bairros’, que tem o objetivo de levar a música para moradores de comunidades da Capital e de outras cidades do estado. O concerto é gratuito e acontece às 19h, com regência do maestro Luiz Carlos Durier, apresentando um repertório de músicas eruditas e populares.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

A apresentação começa com a execução de “Finlândia, Op. 26”, de Jean Sibelius (1865 – 1957), compositor finlandês de música erudita e um dos mais populares do fim do século XIX e início do XX. Sua música também teve importante papel na formação da identidade nacional finlandesa.

Em seguida, a orquestra vai tocar a música “Farandole da Suíte L’Arlesiene 2”, de Georges Bizet (1838 – 1875), compositor francês, principalmente de óperas, que teve uma carreira curta devido a morte prematura, aos 36 anos, e que teve “Carmen” como trabalho final, que viria a se tornar uma das óperas mais populares e frequentemente interpretadas no repertório operístico.

O público vai ouvir também destaques de “West Side Story”, composta por Leonard Bernstein (1918 -1990), maestro, compositor e pianista americano, vencedor de vários Emmys, que ficou famoso por dirigir a Filarmônica de Nova York, por realizar os concertos para jovens na televisão, entre 1954 e 1989, e pelas suas composições, como West Side Story, Candide e On the Town. Uma das figuras mais influentes na história da música clássica americana, patrocinou obras de compositores americanos e inspirou as carreiras de uma geração de novos músicos.

Depois será a vez da música brasileira, quando os integrantes da OSPB vão tocar “Sítio do Pica pau Esotérico”, de Dimitri Cervo, compositor brasileiro nascido em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, em 1968, que aos 14 anos apresentava ao piano as suas primeiras composições em público. Dimitri começou a se destacar nacionalmente em 1995, quando “Abertura e Toccata” recebeu o 1º prêmio no Concurso de Obras Orquestrais do XV Festival de Londrina e foi executada por cinco orquestras brasileiras. Sua discografia inclui dois CDs individuais, Toronubá e Série Brasil 2010, pelos quais recebeu três Prêmios Açorianos (melhor CD e compositor), além de obras registradas em CDs de diversos grupos e artistas.

Essa primeira apresentação dentro do Projeto OSPB nos Bairros será encerrada com a execução de “Suíte Nordestina” e “Seleção Luiz Gonzaga”, composições do músico pernambucano de Goiana, Maestro Duda (1935), reconhecido como um dos maiores regentes, compositores, arranjadores e instrumentista de todos os tempos e do frevo em especial.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas