Pássaros são apreendidos em casa de suspeito de participar de morte em padaria de JP

40
COMPARTILHE

Mais de 50 aves silvestres foram apreendidas nessa segunda-feira (27), no bairro de Tambauzinho, em João Pessoa, pela Delegacia de Meio Ambiente da Capital. O dono dos animais vai responder por crime ambiental e é investigado no caso da morte do estudante Marco Antônio Filho, de 28 anos, baleado na padaria da família no Jardim Luna, em 4 de junho deste ano.

Leia mais Notícias do Portal Correio

De acordo com a Polícia Civil, a ação foi proveniente de cumprimento de mandado de prisão e busca e apreensão da Delegacia de Roubos e Furtos da Capital, de forma que os policiais foram surpreendidos com a presença de várias aves silvestres na residência de um dos procurados.

“Na ocasião, a Delegacia de Meio Ambiente foi acionada para possibilitar a sua responsabilização criminal e administrativa. O dono os pássaros vai responder pela prática de crime ambiental, por guardar, ter em cativeiro ou depósito espécimes da fauna silvestre, provenientes de criadouros não autorizados ou sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, conforme o art. 29, § 1º, III, da Lei de Crimes Ambientais”, comentou Ragner Magalhães, delegado Titular da Delegacia de Meio Ambiente de João Pessoa.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas