PB tem 155 queimadas em julho por conta de terrenos baldios sujos; ar polu?do causa doen?as

6
0
COMPARTILHE

A Paraíba registrou, apenas no mês de julho deste ano, 155 ocorrências de combate a incêndios ocorridos por conta de queimadas em terrenos baldios e em lugares abandonados tomados pelo lixo. Junto com as queimadas, a fumaça pode trazer riscos a saúde.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Os dados são do Corpo de Bombeiros e mostram ainda o município de Patos, no Sertão paraibano, a 317 km de João Pessoa, com a maior parte das ocorrências, com 74 atendimentos.

Os municípios da Grande João Pessoa ocupam a segunda colocação no número de atendimentos referentes às queimadas, com 46 casos e a região de Campina Grande teve um total de 35 atendimentos feitos pelo Corpo de Bombeiros ocasionados pelas queimadas.

De acordo com os dados, as queimadas realizadas em terrenos baldios atingiram 69% dos casos atendidos em Patos. Segundo o comandante do 3º Comando Regional de Bombeiro Militar, coronel Marcelo Araújo, o tempo seco e a imprudência são fatores que aumentam a incidência de incêndios na região.

“Tem um costume na região, às vezes por falta de coleta de lixo adequada, das pessoas quererem resolver de forma brusca e se livrar do lixo utilizando a queimada. Nossas guarnições têm atuado muito nas ocorrências de fogo em terreno baldio e é um tipo de combate desgastante pela temperatura elevada que existe na região. Orientamos aos agricultores que quiserem desmatar que eles só podem fazer isso com a autorização do Ibama, que é o órgão competente para tal liberação, de forma que a queimada seja feita de forma controlada”, afirmou o coronel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas