Pesquisa aponta que 53% dos paraibanos pretendem presentear no Dia dos Pais

7
0
COMPARTILHE

Pouco mais de 53% dos filhos paraibanos apresentaram intenção de presentear no Dia dos Pais deste ano, segundo pesquisa de Intenção de Compras feita na Grande João Pessoa pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais da Paraíba (IFEP). A pesquisa entrevistou 400 consumidores no período de 18 a 22 de julho de 2016.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo a Fecomércio, embora seja um número significativo, o resultado foi o menor dos últimos três anos. Na comparação com o ano anterior, a queda foi de 6,18 pontos percentuais (p.p). 

O presente preferido, por mais um ano, foram os artigos de vestuário citados por 44,39% dos respondentes. Em seguida, aparecem os calçados (18,69%), perfumes (11,21%), relógios (10,28%) e eletrodomésticos/ eletroeletrônicos (7,94%), destes, o destaque foi para smartphone (70,59%). Neste quesito, os respondentes puderam citar mais de um tipo de presente, por isso o somatório ultrapassa 100%.

Para comprar o presente do pai, os consumidores pretendem gastar, em média, R$ 174,92. A maior parte dos entrevistados (38,79%) deve comprar presentes com valores entre R$ 51 e R$ 100. Em seguida aparece um percentual de 28,04% que pretendem gastar em torno de R$ 101 e R$ 200. E 1,87% dos respondentes manifestaram desejo de comprar presentes com valores acima de R$ 800.

Quanto à forma de pagamento, a maioria (52,81%) pretende comprar a prazo. Entre estes, 98,23% irão usar o cartão de crédito. Já entre os que pretendem comprar à vista (46,26%), a maioria (87,88%) prefere pagar em espécie. É importante ressaltar que esta escolha está diretamente ligada ao grau de desconto oferecido pelos empresários.

Em relação ao local das compras, 70,09% dos entrevistados pretendem adquirir os presentes nas lojas dos shoppings centers e 47,20% irão procurar as lojas localizadas no Centro de João Pessoa. Em seguida vêm as lojas de bairro (7,94%), internet (6,07%) e supermercados/ hipermercados (2,34%). Neste item, os entrevistados também podiam mencionar mais de um local.

No momento da compra, os clientes vão levar em consideração alguns critérios que poderão influenciar na decisão de efetivarem ou não suas compras. Os destaques são para a qualidade e o preço dos produtos, com 67,76% e 62,15% de citações, respectivamente. Outros fatores também foram citados, como: o bom atendimento ofertado nos locais de compras e desconto à vista com 14,95% cada. Foram apontados também a facilidade na forma de pagamento (10,28%) e o modo de apresentação dos produtos nas vitrines das lojas (3,27%). Nesta questão, também podia ser citada mais de uma consideração.

Mais da metade dos participantes da pesquisa (52,34%) tem a intenção de comprar o presente exatamente na semana do Dia dos Pais, esperando possíveis reduções nos preços. Já 8,41% do total anteciparam as compras dos presentes aproveitando as liquidações de julho e 2,80% não responderam a questão.

A pesquisa ainda procurou saber como os entrevistados avaliam a situação financeira deles este ano, em comparação com a que tinham no ano passado. A maior parte dos entrevistados (46,50%) afirmou que não houve alteração em sua situação financeira. Em seguida, 38,25% julgaram estar com uma situação financeira pior, destes 34,64% responderam que houve queda na renda, 27,45% encontram-se endividados, 26,14% estão desempregados e 6,54% encontram-se inseguros quanto à manutenção de seus empregos. Já 15,25% dos respondentes afirmaram estar em situação financeira melhor, pois entre estes 60,66% tiveram aumento da renda, 22,95% estão se sentindo mais seguros nos empregos, 9,84% conseguiram empregos e 4,92% conseguiram reduzir as dividas.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas