Picolés de frutas refrescam calor dos animais na Bica, em João Pessoa; veja fotos

9
0
COMPARTILHE

Os biólogos do setor de nutrição do Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica) adaptaram o cardápio dos animais ao clima quente que se apresenta neste período, ofertando a eles picolés de frutas para refrescar. O objetivo é promover uma sensação de bem-estar e conforto, já que os animais também se ressentem com o calor, além de quebrar a rotina.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

Helze Lins, bióloga e chefe do setor de nutrição, explica que na atividade de enriquecimento ambiental, do tipo alimentar, são utilizados produtos da própria dieta do animal, mas oferecidos de outra forma. “Isso já é adotado em todos os zoológicos do mundo e nós já promovemos aqui há algum tempo, geralmente no verão, utilizando picolés feitos de diversas frutas, além de bolo, servido também gelado. Tudo para que os animais se sintam melhor”, afirmou.

O enriquecimento alimentar é uma atividade que chama a atenção, não só dos animais, como também dos visitantes, que aproveitam para acompanhar a reação de cada um deles e fotografar as espécies se alimentando com os coloridos picolés. Foi o caso dos alunos de uma escola pública do município de Itatuba, que visitaram o parque nesta quarta-feira (30) e observaram de perto a atividade. O grupo ainda recebeu dos educadores ambientais informações sobre os benefícios e a importância de promover esse tipo de ação.

A bióloga Fabiana Leyton explicou que no bolo tem ração, amolecida com suco de melancia, abacaxi e mel. Já os picolés são feitos com abacaxi, mel, melancia, maçã e ração, sendo feitos em formato e consistência diferentes. O bolo foi dado para os macacos pregos da ilha e os picolés para macacos pregos galegos e micos de cheiro.

Enriquecimento ambiental ou alimentar – São recursos utilizados para que os animais não se sintam ociosos. Este pode ser do tipo alimentar ou físico, onde são utilizados diversos materiais, como madeira, que o próprio zoológico possui para fazer brinquedos e outros tipos de equipamentos, possibilitando que os animais pratiquem atividades, provocando um bem-estar que ele não teria no dia a dia.

Serviço – Situado na Avenida Gouveia Nóbrega, s/n – Roger, o Parque Zoobotânico Arruda Câmara abre de terça a domingo, das 8h às 17h (bilheteria até às 16h). Os ingressos custam R$ 2,00 por pessoa e crianças até sete anos e idosos não pagam. Mais informações pelo telefone 3218-9710.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas