PMJP reduz expediente e corta celulares de gestores e apoio a festas e futebol

19
COMPARTILHE

O expediente nas repartições da Prefeitura de João Pessoa passa a ser corrido a partir de segunda-feira (11), começando às 8h e terminando às 14h, de forma corrida. O decreto com a alteração foi assinado nesta quarta-feira (6) pelo prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PSD).

Leia também:

* Prefeitura reduz 50% dos gastos com as festas carnavalescas em João Pessoa

* Prefeitura de Campina Grande reduz expediente por conta da crise 

As secretarias que executam serviços externos, como os da rede hospitalar, das escolas, execução e fiscalização de obras e coleta de lixo, entre outras, não serão atingidas pelo decreto e permanecem com o horário normal de expediente.

A PMJP informou que o objetivo da medida é reduzir custos para que a crise não afete as obras e projetos e para que a Gestão mantenha o equilíbrio fiscal.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio 

A Prefeitura disse também que promove outras ações como a redução dos contratos de locação de veículos, a revisão dos contratos correntes, corte dos celulares do prefeito e de todos os secretários municipais, a suspensão da subvenção aos clubes de futebol profissional, o condicionamento do calendário de eventos à disponibilidade financeira e a liberação das passagens e diárias de viagens dos funcionários da PMJP somente coma autorização expressa do prefeito.

A PMJP informou que o objetivo da medida é reduzir custos para que a crise não afete as obras e projetos e para que a Gestão mantenha o equilíbrio fiscal. 

“Todas essas medidas visam a garantir o pagamento da folha salarial em dia, com respeito aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal. Além disso, vamos garantir que todas as obras e serviços sejam entregues conforme o planejado. Vale ressaltar que tudo isso foi feito sem o aumento de impostos e com a otimização de nossas receitas”, comentou o prefeito Luciano Cartaxo.

Veja o vídeo abaixo:

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas