Polícia recupera mais de R$ 8 mil em material furtado de pet shop e prende suspeitos

24
0
COMPARTILHE

A Polícia Militar desarticulou, na noite desta terça-feira (23), um esquema de venda de remédios e outros produtos que foram furtados durante arrombamento de um pet shop, no dia 2 deste mês, no bairro de Mangabeira VI, na Zona Sul da Capital, e recuperou mais de R$ 8 mil em medicamentos e produtos de higiene animal. O material estava sendo vendido em outro pet shop do bairro Colinas do Sul, também na Zona Sul da cidade. Comente no fim da matéria.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com o capitão Marx Cahuê, da Força Tática do 5º Batalhão da PM, os policiais chegaram até o local depois que foram informados pelo dono da loja de Mangabeira de que os produtos furtados estavam sendo vendidos no Colinas do Sul. “O proprietário foi até lá, comprou alguns produtos e, quando chegou em casa, conferiu as notas fiscais, confirmando que eram do lote que foi levado da loja. Ele nos passou as informações e a partir daí desmontamos todo o esquema da venda dos produtos furtados”, disse.

Ainda segundo o oficial, a PM foi até o Pet Shop do Colinas do Sul e prendeu o responsável pelo estabelecimento, um jovem de 25 anos, que alegou que comprou os produtos de um suspeito que ofereceu o material dizendo que tinha fechado uma loja e por isso estava vendendo. “Ele indicou onde estava esse suspeito, chegamos até ele, no bairro de Mangabeira, e fomos até a residência dele, no Colinas do Sul, onde encontramos um revólver calibre 32”, completou Marx Cahuê.

O suspeito de vender os produtos foi identificado e assumiu a participação direta no arrombamento do pet shop de Mangabeira. Ele foi levado juntamente com o proprietário da loja onde vendia os produtos furtados e o material recuperado para a Central de Polícia Civil, no Geisel, também na Zona Sul da Capital.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas