Polícia Rodoviária flagra 126 irregularidades em ônibus que circulam em BRs, na PB

24
COMPARTILHE

Uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou 126 irregularidades durante fiscalização que alcançou 54 ônibus que circulam nas rodovias federais na região de Campina Grande. O trabalho começou no dia 8 e terminou nesta sexta-feira (10), mas a PRF adianta que vai continuar com atividades de fiscalização semelhantes. Veja fotos abaixo.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Entre os problemas identificados, a PRF constatou veículos sem licenciamento; sem equipamentos obrigatórios; com equipamentos inoperantes; com características alteradas; falta ou irregularidade do tacógrafo (equipamento que registra a velocidade máxima atingida, distância e tempo de viagem); veículos em mau estado de conservação, apresentando pneus lisos; condutor ou passageiros sem fazer uso de cinto de segurança e ainda motoristas que estavam com sua carteira nacional de habilitação (CNH) vencidas há mais de 30 dias.

Durante todo o mês de junho, a PRF intensifica a fiscalização, principalmente nas regiões onde há um considerável aumento do fluxo de veículos e de pessoas nas rodovias federais devidos aos festejos juninos. Segundo a PRF, o intuito da ação é reduzir o número de ocorrências de acidentes de trânsito bem como a gravidade.

“Ações como estas, de caráter ostensivo, buscam também a conscientização do condutor que trafega em rodovias federais, alertando sempre para os cuidados que devem ser tomados para salvaguardar a vida de todos aqueles que estão sob sua responsabilidade”, informou a PRF.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas