Ricardo nega movimento do PSB para lançar pré-candidatura de Gervásio ao governo

Gervásio Maia garantiu que não há estremecimento no seu relacionamento político com o governador

Mais política | Em 20/04/17 às 15h04, atualizado em 20/04/17 às 15h55 | Por Hermes de Luna
Hermes de Luna/Portal Correio
Ricardo Coutinho

O governador Ricardo Coutinho (PSB) negou qualquer movimento do partido em lançar como pré-candidato o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Gervásio Filho. Ricardo disse que, em nenhum momento, a legenda discutiu nomes para a disputa do ano que vem.

Leia mais sobre Política no Portal Correio

Ricardo visitou o açude de Boqueirão na tarde dessa quarta-feira (19) ao lado de auxiliares e lideranças políticas. Na comitiva estava o presidente da ALPB. Em entrevista, o governador culpou a imprensa por discutir nomes de pré-candidatos. "O partido em nenhum momento começou a discutir nomes. Quem primeiro começou foi a imprensa. Não houve nenhuma discussão sobre nomes", assegurou.

Referindo-se a Ricardo, o governador disse que não há nenhum impedimento para que o nome dele seja avaliado internamente. "Se o deputado quiser colocar o nome dele para ser avaliado num momento oportuno, como filiado ao partido poderia fazer isso, como qualquer um outro companheiro pode fazer. A decisão sobre o que cada um quer participar é de cada um", argumentou.

Ricardo não acha que o PSB tem que definir pré-candidatura este ano. "O tempo é de trabalho. O povo quer saber do conhecimento de candidato em função do trabalho. Ninguém se iluda. O povo não quer saber de candidato agora", disse.

O governador disse que cabe ao próprio Gervásio decidir qual mandato ele quer disputar no próximo ano. "A decisão de que cada um é particular. Cabe a ele decidir. Como filiado ao partido, ele deve colocar seu nome ou não. É uma decisão pessoal", avaliou.

Por sua vez, o deputado estadual Gervásio Maia garantiu que não há estremecimento no seu relacionamento político com o governador. "Isso é coisa de quem já teve a oportunidade de fazer pela Paraíba e não fez, aprendeu a fazer a política da fofoca e do fuxico e tem uma dor de cotovelo muito grande porque nosso grupo político trabalha muito, tem trabalhado e vai trabalhar ainda mais pelo nosso Estado”, comentou.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Atenção

Fechar