Deputada fala em 'cristofobia' e critica 'ditadura da esquerda' em pronunciamento na ALPB

Eliza Virgínia (PSDB) criticou posições divergentes dos valores cristãos e afirmou que estão ocorrendo "ataques sistemáticos da esquerda"

Mais política | Em 11/10/17 às 20h53, atualizado em 11/10/17 às 21h02 | Por Redação
Reprodução/Flickr/AssembleiaPB
Deputada estadual Eliza Virgínia

A deputada estadual Eliza Virgínia (PSDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba, na sessão desta quarta-feira (11), para fazer considerações sobre o surgimento da 'cristofobia', como assim nomeou, referindo-se a posições divergentes dos valores cristãos, e sobre uma suposta 'ditadura da esquerda' no Brasil.

Leia também: Vereador da PB chama imagem de Nossa Senhora Aparecida de 'maldição'

"Estamos tendo ataques sistemáticos da esquerda. Os símbolos religiosos estão sendo colocados em uma situação de vilipêndio travestido de arte. Estamos sofrendo ataques constantes à família brasileira. Presenciamos, nos últimos dias, uma verdadeira declaração de guerra aos valores inegociáveis de proteção à criança, às crenças, à adolescência e à família", destacou a parlamentar.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

No tocante às manifestações ocorridas em museus que vêm causando polêmica nacional, com discussões acerca de crimes como a pedofilia, Eliza foi enfática: "Desde que seja protegido pelas paredes de um museu, pedofilia não é mais crime, pedofilia agora virou arte”.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Atenção

Fechar