Postos de gasolina na PB poder?o ser multados em at? R$ 300 mi por alta nos pre?os

0
COMPARTILHE

Os postos de combustíveis de Campina Grande foram notificados, nesta quarta-feira (6), e estão com prazo de até dez dias para que apresentem as cinco últimas notas fiscais de compra de combustíveis ao Procon-CG. A medida foi tomada, segundo o Procon-CG, para apuração de possíveis abusos e irregularidades praticadas contra o consumidor por conta da elevação de preço da gasolina. Caso descumpram a notificação, a multa para os postos varia entre R$ 5 e R$ 300 milhões.

Leia também:

* Litro da gasolina chega a R$ 10 na PB; MPPB abre inquérito para investigar escassez;

* Sindipetro diz que Cabedelo ainda tem gasolina, mas MPPB apura falta nos postos

Caso descumpram a determinação, os donos dos postos poderão sofrer sanção administrativa cautelar de suspensão das atividades e multa, além das demais sanções previstas em lei.

Leia mais Notícias no Portal Correio

“Essas notas passarão por uma análise. Caso não haja uma justificativa palpável, iremos autuar e encaminhar os dados para a Procuradoria Geral do Município. O Procon-CG entende que estamos em um cenário econômico difícil, o que não podemos admitir é que o comerciante se aproveite disso para tornar o consumidor refém”, informou o gerente de fiscalização do Procon-CG, Artur Dantas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas