Prefeito da Capital faz balan?o da gest?o e diz que investiu R$ 62 milh?es em 2015

0
COMPARTILHE

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), reuniu nesta quinta-feira (2) o secretário municipais para fazer uma avaliação da gestão que está a frente da Prefeitura há dois anos e meio, em especial ao primeiro semestre de 2015. De acordo com os dados apresentados  a Prefeitura investiu nos primeiro seis meses deste ano mais de R$ 62 milhões em obras e ações já entregues.

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

Segundo o prefeito, no primeiro semestre de 2015, foram 26 inaugurações, o que alcança a média de uma por semana. “Há o tempo de plantar e o tempo de colher. Nós plantamos muito, agora a nossa Capital está colhendo os resultados”, afirmou, durante entrevista concedida no final da reunião.

O montante de R$ 62 milhões investidos em obras e ações já entregues é 107% superior ao que foi registrado no mesmo período do ano passado, quando se atingiu a marca de R$ 29 milhões, conforme informou o prefeito Entre os destaques da gestão, elencados pelo prefeito, está à entrega de creches. Foram nove, todas em tempo integral.

De acordo com o relatório, com a inauguração da próxima unidade, ainda em julho, serão mais de seis mil novas crianças beneficiadas, o que representa um aumento de 152% na rede educação de infantil. 

“E não é uma questão específica de quantidade, é uma mudança qualitativa também”, frisou o gestor municipal. Na habitação foram concluídas 3 mil unidades para famílias de baixa renda, sendo 12 mil pessoas beneficiadas.

“É como se tivéssemos construído uma cidade dentro de João Pessoa. Cerca de 68% dos municípios da Paraíba têm menos de 12 mil habitantes”, ressaltou o prefeito. “Construímos mais casas populares do que nos 15 anos anteriores à nossa gestão. São números que impressionam, realmente. Só em casas populares, representaria uma cidade maior do que 151 cidades paraibanas. Foram novos lares oferecidos a quem vive em João Pessoa e sonhava com a dignidade que é ter a casa própria para a família”,  disse Cartaxo.

Ainda segundo o balanço da gestão, para melhorar o atendimento em áreas essenciais, foram contratados mais de mil professores e servidores para a Educação, o efetivo da guarda municipal foi duplicado e mais de 1,7 mil profissionais de saúde passaram a atuar, incluindo 371 médicos. Na atenção básica, foram construídas e reformadas 16 unidades de Saúde da Família; inaugurada a Academia da Saúde do Geisel e a Nova UPA do Valentina Figueiredo já realizou mais de 65 mil atendimentos, estando em andamento a unidade de Cruz das Armas.

No desenvolvimento social, já são mais de 600 pessoas beneficiadas pelo programa Cuidador Familiar – uma iniciativa inédita no país, que se tornou referência no atendimento aos idosos. Também foram contratados 141 auxiliares pedagógicos de inclusão e adquiridos 13 novos micro-ônibus acessíveis para apoio às crianças com deficiência. Além disso, o Banco Cidadão já investiu R$ 18 milhões no financiamento e fomento aos negócios dos pequenos empreendedores. E o restaurante popular serve diariamente 1.300 refeições a pessoas de baixa renda, com a construção da unidade de Mangabeira. “Temos uma preocupação de realizar não apenas obras de pedra e cal, mas, sobretudo de cuidar das pessoas”, defendeu Luciano Cartaxo. 

Lagoa

Para Cartaxo a obra marcante da gestão municipal é a completa revitalização da Lagoa e a construção do novo Parque Solon de Lucena. A prefeitura afirmou que está enfrentando, ali, problemas históricos, que não eram tratados há mais de 100 anos, como a poluição os alagamentos. Foram desviados, por meio da construção de um anel sanitário, os esgotos que eram despejados na Lagoa, que também passou por uma limpeza geral, retirando mais de 200 mil toneladas de dejetos (incluindo geladeira velha, bicicletas, sofá etc.).

Agora, está em fase de conclusão a obra do túnel com 640 metros que solucionará um problema que sempre causou transtorno à população pessoense em períodos de chuva: os alagamentos. Ao mesmo tempo, já foram iniciadas as obras de reforma e ampliação do Parque, com o alargamento do anel externo da Lagoa. O espaço de lazer, no mais tradicional cartão-postal da cidade, será maior e terá novo visual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas